sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Sobre o Rio de Janeiro



"Se você já foi ousada, não permita que a amansem".

Isadora Duncan



 
Eu me indigno sim.
Fico travada, olhando e procurando corpos que não vejo.
E é tudo uma catástrofe.
E a chuva que é tão mansa, aqui, na beirada da minha janela, desmorona os corações de pessoas que nunca vi, do outro lado – de outro lado que não tenho acesso, que não toco, que só lamento e rezo, pois nada faço.
E quieta, no meu sossego, persigo a gota que atravessa a soleira da porta, de um canto a outro.

Minha casa é torta. Mas é casa. Não é morro, que engole pelas beiras, uns poucos sonhos,
de gente que sonha muito.

Michelle Trevisani


Um comentário:

  1. é impossível se manter passivo vendo os sonhos das pessoas sendo soterrados

    ResponderExcluir